Fernanda Porto
 
 
 
 
1999

A quebradeira

Agora é minha vez

Alguma coisa

Amor errado

Assalto

Auto-retrato

Baque virado

Bicho do mato

Bola

Caionagandaia

Cidade sem fim

Coco sem água

Conte-me tudo

De costa pro mundo

De graça

Eletricidade

Estrela pop

Eu já te conhecia

Eu preciso entender tudo isso

 
 
 
 
 
 
  in Auto-retrato 04:13  audio

Cidade sem fim
letra e música - Fernanda Porto

Se a cidade é tão grande onde ela termina?
Num mar infinito e vermelho de freios, faróis ?
Pelos caminhos que faço, procuro seu nome
Se eu já te ví como posso esquecer?
Se a cidade tem pressa eu peço um segundo
As vezes a chuva começa e ainda faz sol
desacelero e me espanto já é fim de tarde
A noite dispara suas luzes e cores neon

Pedestres se trombam nas ruas
Meninos e camelôs
Olhares esquivos se escondem na multidão
Atravessei a cidade e ainda não sei
Onde será que você se esconde

Eu não sei se é perto ou longe
Onde será que você se esconde ?
Vou procurar pela cidade
Te encontrar ou cedo ou tarde

© Editora Porto Music (EMI)