Fernanda Porto
 
 
Giramundo (capa)
 
 
Giramundo
Trama 2004

Faixas | Release | Ficha Técnica | Textos
Ninguém manda
2004
música - Fernanda Porto
letra - Lina de Albuquerque

Ninguém manda ninguém manda nesse samba vira-lata
Desgarrado na sarjeta que escorrega e atravessa
Vale tudo nessa festa, carnaval é inversão
Ninguém quer ser seu patrão
Desenrosca da coleira vem sem eira nem beira
Pode até desafinar é melhor que não cantar

Ninguém manda ninguém manda, nesse samba ninguém tasca
Vem brincar só de pirraça, não encuca na peruca
Veste qualquer fantasia, não tem nada de errado
Se quiser dançar pelado
Tem Campana e Daniel, Calixto pintando o céu
Arquitetos a granel, lobisomi jacaré
Tem até homi e muié e ninguém mete a colher

Ninguém manda ninguém manda, nesse samba que descamba
Tem turista radical invadindo o meu quintal
Querem ter nossa alegria e eu o seu amor queria
Nem que dure só um dia

© Editora Porto Music (EMI)
BR-TPA-04-00290


Ficha Técnica:
voz e programação: Fernanda Porto
guitarra: Ulisses Rocha
baixo: Doug Wimbish
bateria: William Calhoun
percussão: Márcio Forte